Eucaristia - Por que sou católico?

Salve irmãos! Hoje daremos continuidade na serie de postagem com o tema "Por que sou católico?". Pra quem ainda não leu a primeira postagem clique aqui para acompanhar a sequencia do estudo.

Eucaristia na bíblia




Falaremos futuramente sobre os demais sacramentos de uma maneira geral, mas o sacramento da eucaristia ganhará um destaque especial, pois, para nos católicos, o sacramento do altar não é uma mera representação do corpo e sangue de Jesus, ou uma brincadeira de faz de conta, mas é o corpo e o sangue de cristo por excelência. Esse fato tem sido alvo de ataques constantemente, e por esse motivo abordaremos todo o embasamento bíblico e teológico sobre essa verdade.

A principio devemos ter em mente que a eucaristia foi instituída pelo próprio cristo, como podemos resgatar ao ler:

                                                                     
E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, e disse: Tomai, comei, isto é o meu corpo.
E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos;
Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.
Mateus 26:26-28                                                       

Repare que Jesus não fala "isto representa", ou "é sinal de", ou qualquer coisa do gênero, mas ele diz "isto é". É importante ressaltar que os judeus não usavam o verbo ser, pois este dizia respeito tão somente a Deus ( isso se da devido a passagem em que o povo pergunta a moisés quem é Deus e Ele diz "Diga ao povo que eu sou aquilo que eu sou" ) por isso em algumas referencias Deus é chamado de "O grande 'Eu sou'". Entretanto ainda assim Jesus usa o verbo ser, dizendo que o pão é seu corpo e o vinho seu sangue. 

E aqui deixo minha opinião pessoal: Se Jesus sendo Deus afirma que é seu corpo e seu sangue, quem sendo homem pode discordar? Ora, se Deus me afirmasse que o teclado com o qual digito esse texto é de ouro, eu não discordaria. Ainda que este não tivesse as características do ouro visivelmente, mas em sua condição divina Deus tem controle sobre isso.

Sabemos que Jesus tinha pleno controle sobre o pão, chegando a multiplicá-lo por diversas vezes. Também tinha pleno controle sobre o seu corpo, uma vez que andou sobre as águas, ressuscitou, etc. E sabemos também que tinha controle sobre o vinho, como vemos nas bodas de caná. Logo, tendo poder sobre o pão  o vinho e seu corpo, Cristo tem plena liberdade para realizar a transubstanciação.

Continuando o estudo bíblico sobre o assunto temos:

                                                                 
E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.
Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.
Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.
Portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor.
Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice.
Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.
Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem.
1 Coríntios 11:24-30                                                

Se preciso releia a passagem acima mais de uma vez, pois extrairemos dela alguns trechos importantes.

"portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor".

"Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor".

Repare que São Paulo fala muito claramente que não se deve tomar o pão como alimento, e a importância de discernir que aquilo é o corpo e o sangue de Jesus!

Como leitura complementar vou deixa o link de dois milagres eucarísticos. Provavelmente eu venha a descrever-los em uma postagem posterior, mas por enquanto ficamos por aqui.
Grande abraço, paz!

Postar um comentário

0 Comentários