Mistério da Iniquidade: Estamos no fim dos tempo? (Apostasia)

Deus será conhecido em sua verdade. Nisso consiste a essência da nossa missão enquanto cristãos católicos. Precisamos fazer o nosso Deus ser conhecido e amado. Precisamos diminuir para que Ele cresça, para que Ele apareça, como já dizia João Batista aos seus discípulos. Mas isso não é tudo que essa passagem quer dizer.
Iniquidade - Apostasia


O apostolo Paulo diz que Deus será, como uma profecia que se cumprirá. De fato isto ocorrerá. O nosso Senhor será anunciado a todas as nações. Mas, no presente, muitos povos ainda não ouviram falar em Jesus. Para que essa profecia se cumpra é preciso ainda que igreja passe por tribulações nunca antes vividas.

📲🤳Faça parte do nosso canal no Telegram: https://t.me/euprefirooparaiso

O que é a Apostasia?

O estudo da escatologia fala sobre os acontecimentos que antecedem o fim dos tempos, e segundo ela, nos últimos tempos, a igreja de Deus passará pelo mistério da apostasia. Sobre o significado de  apostasia (do grego apostasís  = abandono) trata-se do abando voluntário da fé, também chamado de mistério da iniquidade.

o que é apostasia?

Isto significa que, antes da vinda gloriosa de Jesus, o mundo passará por um abandono voluntário da fé, as pessoas passarão a virar o rosto para o divino, abandonar a igreja e rejeitar a salvação que vem de Cristo.

"Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."
Isaías 53:3-5
Segundo a teologia virão tempos onde as pessoas aprenderão na escola a rejeitar a Deus, onde as imagens dos nossos santos serão removidas dos lugares públicos e se iniciará uma nova perseguição aos cristãos. Essas coisas citadas acima já estão a acontecer. Eu acredito que estamos presenciando o inicio da apostasia.

Um novo avivamento, um novo pentecostes.

Todavia, nos não devemos desanimar, pois o nosso Deus não desampara o seu povo e certamente não nos abandonará no meio de uma sociedade apostata. Deus através dos seus santos e da sua igreja nos promete um segundo pentecostes, um avivamento como nunca visto.

Sempre em todos os momentos de grande tribulação na história da igreja Deus fez surgir grandes santos. Assim também será nas últimas provações. Deus fará surgir nos últimos tempos grandes santos que lutarão contra a iniquidade. Estes serão íntimos devotos de Nossa Senhora, como diz São Luiz Maria Grignion de Montfort.

"47. Disse que isto aconteceria particularmente no fim do mundo e em breve, porque o Altíssimo e sua santa Mãe devem suscitar grandes santos, de uma santidade tal que sobrepujarão a maior parte dos santos, como os cedros do Líbano se avantajam às pequenas árvores em redor, segundo revelação feita a uma santa alma".(Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem).
O Senhor virá, e Ele deseja encontrar fé sobre a terra. De fato estamos vivendo o inicio da apostasia, os sinais são claros, logo o Espirito Santo precisa encontrar corações abertos para despejar os dons dos grandes santos e é por meio desses grandes santos que Deus será conhecido em sua verdade.

Façamos Deus conhecido.

Sugestões:





Postar um comentário

0 Comentários