A Sagrada Tradição [Os Pilares da Igreja Católica] Parte 02/03



SAGRADA TRADIÇÃO


Se você sempre quis saber como a Igreja sabe os nomes dos pais de Nossa Senhora (se não está na bíblia) e muitas outras realidades como o purgatório, batismo de crianças e assim por diante esse vídeo pode ser muito esclarecedor. Então já deixa seu like aqui embaixo, se inscreve no canal e compartilha com seus amigos por que hoje vamos falar sobre a sagrada tradição.

📲🤳Faça parte do nosso canal no Telegram: https://t.me/euprefirooparaiso

Meu nome é Bruno Araújo e você está no canal eu prefiro o paraíso e como prometido esse vai ser o segundo vídeo da série “Pilares da Fé Católica”. Já falamos sobre o sagrado magistério e agora vamos falar sobre a Sagrada Tradição.

Se você ainda não assistiu o último vídeo eu recomendo fortemente que quando terminar esse aqui você assista o próximo (basta clicar aqui)

Revelação Divina Transmitida Oralmente.

A tradição a que falamos nesse vídeo trata-se da Sagrada Tradição que vem dos apóstolos e transmite o exemplo e os ensinamentos de Jesus conservando esse conhecimento dentro da Sucessão Apostólica (Que já expliquei no último vídeo).

Como falamos no último vídeo da série a fé católica está apoiada em 3 grandes pilares e um desses pilares é a sagrada tradição. Ao contrário de outras denominações cristãs, a igreja católica não se guia apenas pelas escrituras (Isto é pela revelação escrita).

Isto porque (Como diz o catecismo da Igreja Católica nº 74) a transmissão da revelação divina segundo a ordem do Senhor fez-se de duas maneiras:

Transmissão por escrito: Pelos apóstolos inspirados pelo Espírito Santo.
Oralmente: Pelos apóstolos durante suas pregações oralmente bem como  por suas ações, exemplos e ensinamentos recebidos pela convivência com Jesus.

A Transmissão Escrita (Novo Testamento) Atesta a Importância da Transmissão Oral. 
É possível encontrar passagem no novo testamento que comprovam a revelação divina sendo transmitida de forma oral como:
  • 2 Tm 2, 2
  • 2 Tes 2, 15
E vale lembrar que os primeiros livros do novo testamento começaram a ser escritos por volta dos anos 40 e 50 d.C logo as primeiras gerações de cristãos só conheceram a revelação divina graças à transmissão oral e a tradição apostólica.

Tanto as Sagradas Escrituras quanto a Sagrada Tradição tem igual importância e são complementares, uma vez que ambas têm a mesma fonte.

A Bíblia e a Sagrada Tradição

A bíblia é uma das colunas da nossa fé mas sozinha não tem a capacidade de sustentar a estrutura da igreja.
 (Dei Verbum) - “9.A sagrada Tradição, portanto, e a Sagrada Escritura estão ìntimamente unidas e compenetradas entre si. Com efeito, derivando ambas da mesma fonte divina, fazem como que uma coisa só e tendem ao mesmo fim. A Sagrada Escritura é a palavra de Deus enquanto foi escrita por inspiração do Espírito Santo; a sagrada Tradição, por sua vez, transmite integralmente aos sucessores dos Apóstolos a palavra de Deus confiada por Cristo Senhor e pelo Espírito Santo aos Apóstolos, para que eles, com a luz do Espírito de verdade, a conservem, a exponham e a difundam fielmente na sua pregação; donde resulta assim que a Igreja não tira só da Sagrada Escritura a sua certeza a respeito de todas as coisas reveladas. Por isso, ambas devem ser recebidas e veneradas com igual espírito de piedade e reverência (6)”.
Um exemplo disso é que a bíblia sozinha não define o seu catálogo. Foi a tradição e o magistério que ao longo de séculos definiu o cânon das Sagradas Escrituras. Santo Agostinho costumava afirmar que não acreditaria no evangelho se a isso não o levasse a autoridade da Igreja Católica.

A sagrada Tradição e a Sagrada Escritura constituem um só depósito sagrado da palavra de Deus, confiado à Igreja; aderindo a este, todo o Povo santo persevera unido aos seus pastores na doutrina dos Apóstolos e na comunhão, na fracção do pão e na oração (cfr. Act. 2,42 gr.), de tal modo que, na conservação, actuação e profissão da fé transmitida, haja uma especial concordância dos pastores e dos fiéis (7).

A completude da revelação.

Sabemos que : Toda revelação nos foi dada e não haverá outra além da que Jesus nos anunciou. (CAT nº 66). No entanto ela ainda não está totalmente explicitada.

É papel da igreja interpretá-la e buscar compreendê la em sua totalidade com o auxílio do Espírito Santo. Afinal o próprio evangelho de são João deixa claro que Jesus fez muitas outras obras que nem todos os livros do mundo poderiam conter. Jesus inclusive foi claro ao revelar “Muitas coisas tenho a dizer-vos, mas não podeis suportar agora.


Algumas verdades que chegaram a nós graças a Sagrada Tradição.
  • Os Sacramentos
  • As verdades doutrinárias - Dogmas.
  • O Batismo de crianças.
  • O cânon das Escrituras.
  • Santificação do Domingo.


Postar um comentário

0 Comentários