Consagração a Nossa Senhora: Curso - Aula 01

CONSAGRAÇÃO TOTAL A VIRGEM MARIA (Escravos de Maria)



Iniciaremos a primeira aula desse grupo de estudos sobre a consagração total a Virgem Maria falando sobre a introdução e o 1º Capítulo do Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem. Esse método de consagração ensinado por São Luís Maria Grignion de Montfort é uma verdadeira escola de santidade e foi adotado por diversos Santos como São João Paulo Segundo, São Pe. Pio, etc.



O que é o Tratado da Verdadeira Devoção a Santissima Virgem?


O “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem” é uma obra de São Luís Maria Grignion de Montfort (☆1673 – ✝1716), escrita por ele pouco antes de sua morte. O livro nos fala da devoção a Nossa Senhora e da necessidade da consagração a Ela. Além disso, o Tratado nos dá um método simples e eficaz de consagração, de nos entregar inteiramente a Maria. 

Ao escrever o Tratado, São Luís descreveu demônios tentando esconder esse livro, e de fato esses escritos ficaram mais de 130 anos escondidos em um fundo de baú. Logo podemos associar que o inimigo vai tentar impedir também que você, leitor, alcance a graça de se consagrar.

É interessante que você adquira uma edição do Tratado da Verdadeira Devoção para acompanhar o texto em casa. Você pode adquirir no link abaixo:


📚Tratado da Verdadeira Devoção: https://amzn.to/3GOz3aX


Infelizmente muita gente não se consagra por carregar consigo uma série de objeções como por exemplo.

Objeções: 

  • Ainda não estou pronto - Lembre-se que nos consagramos para receber o auxilio de nossa senhora para nos preparar-mos para a santidade.

  • Ainda não mereço - Ninguém merece, mas estamos nos consagrando para sermos mais dignos.

  • É muita responsabilidade - De fato é, mas ao nos consagrar-mos Maria vem em nosso auxílio nas nossas responsabilidades como cristãos católicos.

  • Tenho medo de por Maria no lugar de Deus - São Maximiliano Maria Kolbe diz que não devemos ter medo de amar Maria, pois nunca amaremos a ela tanto quanto Jesus amou, e se devemos ser imitadores de Cristo, devemos ama-la também.

  • Sou muito pecador - Todos nós somos, nos consagramos para ter auxilio de Nossa Senhora no caminho de santificação.


A consagração é para todos, basta ter o desejo de se consagrar (e ser batizado 😅)

A ideia é que possamos estudar juntos o texto do tratado para que no dia 13 de maio façamos nossa consagração como escravos da santíssima virgem.


Introdução do Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem.

Para entendermos a necessidade que todos nós temos de nos consagrar São Luís Maria Grignion de Montfort deixa claro que:


“Foi por meio de Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por meio dela que Ele deve reinar no mundo"


São Luís esclarece também que:

  • Maria, mesmo estando escondida nos evangelhos, é a obra prima da criação.

  • Uma das razões do desconhecimento de Jesus é o desconhecimento de Maria.



Logo, o conhecimento de Jesus e seu reino será como uma consequência necessária do conhecimento da Santíssima Virgem Maria, pois ela o deu ao mundo a primeira vez, e também, da segunda, o fará resplandecer.


Capítulo 01 -Necessidade da devoção à Santíssima Virgem.

São Luís inicia o primeiro capítulo deixando claro a seguinte comparação.

  • Maria comparada a Deus   =>    Menor que um átomo.

  • Deus não teve necessidade de Maria.

  • Mesmo assim Deus quis servir-se de Maria.


Logo, Deus sendo portanto imutável em sua conduta, e tendo ele iniciado a realizar suas grandes obras por meio dela na encarnação do verbo, Ele deve continuar querendo servir-se de Maria para realizar todas as suas grandes obras.


Assim como Deus quis servir-se de Maria na encarnação do verbo, também o quer servir-se na santificação das almas.


  • Deus confiou a Maria todas as graças inclusive seu próprio filho.

  • Maria é o depósito riquíssimo das graças.

  • Deus Espírito Santo a tornou dispensadora de todos os dons e graças.


Consequências

  1. Maria é Rainha dos Corações.

  2. Maria é necessária aos homens para alcançar a salvação.

    1. Deus quis precisar (necessidade hipotética) logo os homens também precisarão.

  3. Maria é ainda mais necessária para as almas que buscam uma perfeição particular (Santidade)

    1. Só Maria alcançou graça diante de Deus.

    2. Ela é a forma de Deus por onde devemos nos moldar a imagem de Cristo.

      1. Esculpir e Moldar.


“Disse que isto aconteceria particularmente no fim do mundo e em breve, porque o Altíssimo e sua santa Mãe devem suscitar grandes santos, de uma santidade tal que sobrepujarão a maior parte dos santos, como os cedros do Líbano se avantajam às pequenas árvores em redor, segundo revelação feita a uma santa alma”. TVD nº 47


  1. A Devoção a Maria será especialmente necessária nos últimos tempos.

    1. Por meio de Maria começou a Salvação do Mundo e por meio dela deve ser consumada.

    2. Ela é a obra prima da criação (modelo perfeito).


“São Dionísio, [...] que diz que, quando a viu, tê-la-ia tomado por uma divindade, tal o encanto que emanava de sua pessoa de beleza incomparável, se a fé, em que estava bem confirmado, não lhe ensinasse o contrário”. TVD Nº 49.


  1. Ela é a aurora da manhã que anuncia o Cristo.

  2. É por ela que Jesus deve vir pela segunda vez.

  3. Maria deve ser terrível para os demônios nas últimas provações.


Porei inimizades entre ti e a mulher, e entre a tua posteridade e a posteridade dela. Ela te pisará a cabeça, e tu armarás traições ao seu calcanhar”. Gn 3, 15


  1. Deus estabeleceu essa rivalidade desde o princípio: Mulher e seus filhos (predestinados) contra o Diabo e seus filhos (réprobos).


“O que Lúcifer perdeu por orgulho, Maria ganhou por humildade. O que Eva condenou e perdeu pela desobediência, salvou-o Maria pela obediência. Eva, obedecendo à serpente, perdeu consigo todos os seus filhos e os entregou ao poder infernal; Maria, por sua perfeita fidelidade a Deus, salvou consigo todos os seus filhos e servos e os consagrou a Deus” TVD Nº 53


  1. Vitória é certa.


Os apóstolos dos últimos tempos

São Luis afirma que os predestinados que se empenharem a realizar as práticas INTERIORES dessa verdadeira devoção (que vamos apresentar ao longo desse curso) serão os apóstolos dos últimos tempos.

  • Serão ministros do Senhor ardendo em chamas abrasadoras, que lançarão por toda a parte o fogo do divino amor.

  • flechas agudas nas mãos de Maria toda-poderosa, pronta a traspassar seus inimigos.


Na próxima aula falaremos sobre a diferença entre SERVO e ESCRAVO. E sobre a finalidade dessa devoção. Nos vemos na próxima aula! Abraços!

Postar um comentário

0 Comentários