A Imaculada Conceição de Maria - Dogmas Marianos.


Estamos nos aproximando da festa da Imaculada Conceição de Maria, e para que possamos nos preparar para esse dia especial hoje vamos mergulhar na riqueza da história desse dogma fantástico da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, celebrado pela Igreja Católica em 8 de dezembro

Há 150 anos, em Lourdes, França, Nossa Senhora apareceu à menina Bernadette, confirmando o dogma proclamado quatro anos antes pelo Papa Pio IX. "Eu sou a Imaculada Conceição", proclamou Maria.

Esse encontro de Nossa Senhora e Bernadette origina o título de Nossa Senhora de Lourdes posteriormente.

Cardeal Suenens
No cerne dessa doutrina está uma grande verdade (e ao mesmo tempo mistério) de fé: Maria foi preservada do pecado original desde o primeiro instante de sua existência. A festa da Imaculada Conceição, que remonta a 1854, é a consagração de uma verdade que a Igreja, após reflexão profunda, abraçou como dogma. Isso se alinha com a mensagem central do Apóstolo Paulo sobre a mulher, instrumento escolhido para trazer a salvação à Terra.

Leia também 👉 História de Nossa Senhora de Guadalupe

Essa escolha divina exigiu que Maria fosse uma nova Eva, uma virgem pura e imaculada, preparada para acolher em seu seio virginal o Salvador. Como destaca o cardeal Suenens, a santidade de Cristo é causa da santificação antecipada da Mãe. Assim, a Imaculada Conceição de Maria foi o primeiro fruto conquistado por Jesus com Sua morte.

Papa Pio IX

Em 8 de dezembro de 1854, o Beato Papa Pio IX oficializou a Imaculada Conceição como dogma de fé. A Bula "Ineffabilis Deus" afirma claramente que Maria foi preservada de toda mancha do pecado original, um privilégio divino revelado por Deus.

No entanto, a devoção à Imaculada Conceição vai além da França. No Brasil, encontramos 533 paróquias dedicadas a Virgem Imaculada. Tudo começou na Bahia com a chegada de Tomé de Souza  (foi um militar e político português, primeiro governador-geral do Brasil, cargo que exerceu de 1549 a 1553). A Imaculada Conceição foi a protetora do país no período colonial, sendo proclamada Padroeira do Império Brasileiro por D. Pedro I.

Entretanto, a história não é só de devoção, mas também de desafios. Hoje, na Nicarágua, enfrentamos notícias de proibições de procissões religiosas, incluindo a da Imaculada Conceição, evidenciando perseguições à Igreja.

Nesse contexto, recordamos as palavras de Santo Agostinho: 

"Não se deve tocar na palavra pecado em se tratando de Maria". 

Isso nos leva a refletir sobre como a escolha de Maria como Mãe era uma decisão divina, isentando-a de qualquer mancha.

Encorajamos todos a continuar a honrar Nossa Senhora através da oração e reflexão, conectando-se espiritualmente com a história da Imaculada Conceição. Assim como no Brasil, onde Nossa Senhora de Aparecida, uma antiga imagem da Imaculada Conceição, continua a unir espiritualmente as nações.

Concluindo, lembramos que, como afirmou S. Anselmo: 

Deus, que concedeu a Eva a graça de vir ao mundo imaculada, certamente poderia concedê-la também a Maria. 

Esta é a história da Imaculada Conceição de Maria - uma jornada que une fé, história e a experiência viva da presença divina. Se você deseja se aprofundar ainda mais nesse dogma aconselho que leia também:

Novena de Nossa Senhora Imaculada Conceição 

Que tal uma série de postagens sobre os Dogmas Marianos? Deixe sua opinião nos comentários.

Confira Imagens de Nossa Senhora Imaculada Conceição em promoção na Amazon👇

Imaculada Conceição 22cm - Enfeite Resina 👉 https://amzn.to/47YYVPp

 
Imagem Nossa Sra. Imaculada Conceição 20cm Resina Importada 👉 https://amzn.to/3GuqO6g