[Demonologia] O Duro Combate ao Mundo e a Carne! Aula 5

Salve irmão! Hoje daremos continuidade a nossa serie de postagens sobre demonologia (Finalmente). A gente andou enveredando por outros temas nas ultimas postagens que considero de igual importância, entretanto hoje retomaremos o tema abordando o duro combate ao mundo e a carne!



A pouco tempo dei uma pregação falando justamente sobre o combate espiritual, e a luta contra a tentação (Que foi um resumão de todo o conteúdo de demonologia entretanto de um ponto de vista mais pratico da realidade do combate contra a tentação). Quem assistiu, este é um complemento importantíssimo. Quem não assistiu, não se preocupe, acesse o link das postagens anteriores  para que possamos seguir um roteiro nos nossos estudos (A luta contra a tentação e A tentação).

Let's Begin!

Como já vimos nas duas ultimas postagens  sobre demonologia, a artimanha mais importante e perigosa de satanás na sua missão obstinada de perder as almas é a tentação. Mas ela não é a unica. Alem dela ainda existem a possessão e a obsessão.  Entretanto  ambas não são tão "eficientes" ao oficio de satanás assim como a tentação, pois nela o homem é levado ao pecado.

Nesse ponto, o diabo se vale de dois aliados perigosos. O mundo e a carne. Através deles satanás também executa seu oficio mas de maneira indireta, pois a vida que pessoa  leva potencializa a ação da carne e o ambiente em que ela vive a ação do mundo. Por isso entender como esses inimigos agem afim da perdição da humanidade será o tema de hoje.


O mundo!


O mundo, assim como o demônio é um inimigo externo do homem. Podemos defini-lo como uma cultura pagã em serviço do anti-cristo e que rodeia o homem. Trata-se de um sistema herege instaurado no mundo que leva as pessoas a crerem que a felicidade está nos prazeres oferecidos pelo mundo.  Em muito casos as tentações oriundas desse inimigo são instauradas não explicitamente, de modo que envolva as pessoas de maneira que estas se quer percebam.

"Ser feliz aqui e agora"
"Aproveite a vida"

"Aproveite enquanto é jovem"

"Aproveite a vida"

"A vida é pra isso mesmo"

Outra tática bem comum da mundanidade é usar de gozações e chacotas para com cristãos, fazendo deles motivos de piadas e escarnio.

E como combater o mundo?


Primeiramente é preciso reavivar a fé no amor de Deus. Ter a certeza que a felicidade esta no céu e fixar o coração nele, em Deus. Ter a certeza que somos estrangeiros aqui e que o mundo não é nosso lugar. Meditar constantemente sobre o vazio do mundo, sobre a morte e sobre o fim ultimo de todas as coisas.  

É preciso também combater a vergonha de Deus, não se acanhar por ser cristão em ambientes claramente pagão ou anticristão por medo de não ser aceito. Aqui não é nosso lugar!

A Carne!


Outro inimigo é a carne. Esse é ainda mais potente que o diabo e o mundo, pois diferente destes, a carne é um inimigo interno. Segundo a teologia espiritual explica, a carne é a tendencia natural de todo homem para o pecado e é oriunda do pecado original. Tanto a mundanidade como a concupiscência carnal são consequências das ações indiretas do demônio. Já os pecados da carne são ações diretas do demônio, intensificadas pelo pecado original e pelos próprios pecados do individuo.

Podemos resumir a manifestação da tendencia carnal por uma unica frase que abrange duas formas concretas: "foge da dor, busca o prazer". Essa frase é a lei da carne. A mais grave é a busca do prazer, justamente por que ela nasce da confusão do homem em confundir felicidade com prazer. A primeira vem da alma e a segunda do corpo. O homem busca a felicidade e, por isso, peca, pois procura a felicidade onde ela não está. A felicidade não está no prazer!! Muito pelo contrario. Basta observar que todos os prazeres deixam para traz um rastro de tristeza, pois o corpo não da conta da demanda de felicidade da alma!

Deus criou o prazer e por isso a concupiscência esta presente no homem. Ele criou o corpo que, para ser sustentado precisa ingerir alimentos, criou também homem e mulher que, para reproduzirem-se precisam manter relações sexuais. Tanto o comer quanto o sexo são lícitos e queridos por Deus, contudo, ao serem pervertidos pelo pecado original, tornaram-se fonte de destruição do homem. Se isto não tivesse ocorrido (essa distorção pelo pecado original) estas realidades seriam trampolins para louvar e agradecer a Deus, mas houve a distorção  e o homem passa  virar as costas para Deus afim de satisfazer-se e trata os prazeres como deuses e fontes de felicidades.

E como combater a concupiscência?


O combate a realidade da busca pelo prazer é uma tarefa árdua, mas não impossível. O Padre Antonio Royou Marim em sua obra "La teologia de la perfefccion cristiana", (download em PDF) apresenta 10 remédios para essa missão:



  1. Mortificação: mortificar-se nas coisas lícitas, renunciando a prazeres honestos a fim de ter forças para renunciar aos ilícitos; 
  2. Afeição ao sofrimento e à cruz: aproximar-se de Cristo na Cruz é também aproximar-se do Amor que será pleno no céu. Não existe meio de amar sem estar disposto a carregar a cruz e a amar os outros; 
  3. Combate à ociosidade: usar o tempo para estar com Deus; 
  4. Fuga das ocasiões perigosas: não dar oportunidade para a tentação carnal se manifestar. Não bastam os propósitos de não pecar, pois o corpo quer o contrário do que a alma deseja; 
  5. Meditação a respeito da dignidade do cristão: considerar que todos são chamados à santidade, todos têm essa alta vocação e pensar sobre ela afasta do pecado; 
  6. Lembrar que o Inferno existe: o castigo do pecado pode ser aplicado tanto pela danação eterna quanto ainda neste mundo; 
  7. Recordar a Paixão de Cristo: olhando o amor com que Jesus amou a humanidade, doando-se inteiramente para salvá-la, faz com que haja uma maior resistência ao pecado; 
  8. Orar de modo humilde e perseverante: para combater o pecado é preciso contar com a ajuda da graça eficaz. O pedido amoroso a Deus é fundamental para que a carne seja vencida; 
  9. Devoção terna e amorosa pela Virgem Maria: Ela foi dada à humanidade como auxílio na luta contra o pecado. No dia em que pecado instalou-se no mundo, Ela foi profetizada por Deus. Maria Castíssima, Puríssima e Santíssima ajuda no combate; 
  10. Frequência nos sacramentos: especialmente o da Confissão e da Eucaristia, que são escolas de santidade, importantíssimas para a verdadeira conversão. O sistema de salvação que vem pelo sacramentos foi da do por Deus para esta batalha



O segundo aspecto do combate da carne é "fugir da dor". Ela impede que a pessoa se santifique. Pode até se salvar, mas passará um tempo no Purgatório, pois é necessária a penitência para reparar os pecados cometidos. O sofrimento é algo importante para o homem e alguns pontos de sua necessidade devem ser recordados: 


  1. O sofrimento expia os pecados: são atos de mérito diante de Jesus; 
  2. Submeter a carne ao espírito: por causa do pecado original quem manda no homem é a carne e não o espírito, por isso é preciso domá-la, colocar limites; 
  3. Desapegar-se das coisas mundanas: os quais impedem que o homem ame a Deus sobre todas as coisas; 
  4. A penitência purifica e torna o homem mais belo: o objetivo do homem é deixar sua alma cada vez mais bonita, esta é a beleza que importa realmente: a espiritual; 
  5. A penitência ajuda a alcançar graças diante de Deus: a oração de quem agrada a Deus é ouvido de maneira mais eficaz por Ele; 
  6. A penitência faz com que as pessoas sejam mais apostólicas: pessoas que evangelizam mais, pois estão mais voltadas para o outro; 
  7. A penitência torna as pessoas mais parecidas com Jesus e Maria; 


O Padre Royo Marin faz distinção entre os graus de santidade. Ele diz que o grau básico é não deixar de cumprir os deveres por serem eles dolorosos. Trata-se do salário mínimo da virtude. Segundo, é a aceitação resignada dos sofrimentos que Deus permite,oferecendo-os como ato de amor. Terceiro, a mortificação voluntária. O quarto grau encontra-se somente nos grandes santos, para os quais é preferível a dor ao prazer. O quinto grau, aquele perfeito, é quando a pessoa se oferece como vítima de expiação, aceitando os sofrimentos mais terríveis para agradar a Deus. Todos os homens são chamados à santidade. Desse modo, os graus relacionados a ela devem ser aspirados por todos. Começando pelos primeiros é possível almejar chegar ao último e mais perfeito, assemelhando-se aos grandes santos e santas da Igreja.

Sistema heregido pelas mentiras de Satanas - Aula 06

Veja as próximas aulas aqui:


Postar um comentário

1 Comentários