Papa Francisco Adverte sobre Perigos da Inteligência Artificial: Deep Fakes e Ameaças à Humanidade

Imagem feita com Inteligência Artificial (AI)

O Papa Francisco lançou luz sobre os perigos da Inteligência Artificial (IA) em dois recentes documentos, destacando preocupações com a desumanização e a manipulação. Recentemente, um vídeo viral do cardeal mexicano Aguiar, elogiando um medicamento milagroso para o diabetes, revelou-se uma "deep fake", ilustrando vividamente os riscos da IA.

Os escritos do Papa alertam para ameaças como desinformação, discriminação e interferência eleitoral, além de temores sobre a utilização de IA em áreas como empréstimos hipotecários, contratação de empregos e decisões judiciais.

O cardeal Czerny enfatizou a preocupação com o uso da IA em contextos de guerra, destacando a necessidade de supervisão humana e tratados internacionais para regulamentar seu uso. O segundo documento do Papa, lançado no Dia Mundial das Comunicações, destaca a ameaça de uma nova forma de escravidão e a manipulação do pensamento.

Apesar das advertências, o Vaticano não rejeita o progresso tecnológico, mas insta a direcionar a transformação cultural para servir ao bem comum. O arcebispo Paglia está na Índia para promover os princípios éticos da IA, enquanto outras instituições vaticanas também se envolvem na discussão sobre o impacto da tecnologia na humanidade.

Leia também: 5 livros INDISPENSÁVEIS para preparação para quaresma.