Como Estudar o Catecismo? [Parte 02] O Homem é "Capaz" de Deus / Deus Se Revela ao Homem.

 


Salve queridos irmãos e irmãs, a paz de Cristo e o amor de Maria!!

Anteriormente falamos sobre como estudar o catecismo da igreja católica (passo a passo). Devido ao sucesso desse último artigo resolvi continuar nossa série de postagens sobre o catecismo. A partir de agora faremos uma abordagem geral capítulo a capítulo. 

Lembrando que essas postagem não substituem a necessidade da leitura na integra do catecismo, mas serão uma ferramenta para te ajudar a compreender o conteúdo do Catecismo da Igreja Católica

Vamos começar?

Se você ainda não o Catecismo recomendo fortemente que você adquira. Comprando pelo link a seguir você ajuda nossa pagina a continuar postando mais conteúdos 👉 https://amzn.to/49bPc9C

Capítulo Primeiro: O Homem é "Capaz" de Deus [A Busca Humana por Sentido] (C.I.C. 26 a 49).

O capítulo primeiro faz parte da primeira secção do catecismo (Eu creio, Nós cremos). Essa seção falará sobre a primeira afirmação do credo. Para isso o catecismo inicia abordando o desejo do homem pela transcendência, como diria São João Paulo II na teologia do corpo, a solidão originaria do homem. 

O Desejo Inato de Deus

O coração humano anseia por Deus, pois fomos criados para Ele. Desde o início, somos convidados a buscar a Deus. Entretanto, o ativismo e a correria do dia a dia muitas vezes nos desvia dessa busca. 

Deus, no entanto, nunca deixa de chamar cada um de nós para encontrá-Lo e para descobrir a vida e a felicidade verdadeiras.

Os Caminhos para Conhecer Deus

Existem várias maneiras pelas quais podemos chegar ao conhecimento de Deus. A primeira delas é a nossa razão

Observando o mundo ao nosso redor, a beleza da natureza, o ajuste fino do universo que permite a vida humana, a perfeição harmônica da natureza,  e refletindo sobre nossa própria existência, podemos perceber sinais da presença divina, da existência de um criador. O mundo e o homem testemunham que há algo além de nós mesmos, algo que é a causa primeira e o fim último de tudo.

Nesse sentido o homem é "capaz" de reconhecer que existe um Deus, mas essa percepção ainda é vazia de sentido devido as limitações humanas. Uma vez que somos seres finitos, temporais e materiais temos dificuldade de compreender aquilo que é infinito, eterno e espiritual. 

O Conhecimento de Deus segundo a Igreja

A Igreja ensina que podemos conhecer Deus com certeza através da razão humana, pois fomos criados à Sua imagem. No entanto, reconhecemos as limitações de nossa compreensão e linguagem quando se trata do divino. Ainda assim, podemos falar de Deus a partir das perfeições de Suas criaturas, reconhecendo nossa dependência Dele.

Por isso podemos afirmar que o ser humano é um ser religioso por natureza destinado a viver em comunhão com Deus.  Isso é atestado em todas as civilizações antigas, todas elas acreditavam em um deus criador, e tinham suas próprias versões da criação. Entretanto essa crença ainda era vazia de significado, por isso Deus escolhe revelar-se ao homem.

Capítulo Segundo - Deus ao Encontro do Homem (C.I.C. nº 50 a 73)

A revelação divina.

Sabendo das limitações humanas Deus se revela ao homem. Deus, em Sua sabedoria e bondade, escolheu revelar-Se ao homem, comunicando o mistério de Sua vontade. Essa revelação se concretiza por meio de Cristo, oferecendo aos homens acesso ao Pai no Espírito Santo e a participação na natureza divina.

A Progressiva Revelação de Deus

Ao longo da história, Deus revelou-Se gradualmente por meio de ações e palavras. Essa pedagogia divina visa preparar o homem para receber a Revelação divina que culmina em Jesus Cristo.

As Etapas da Revelação.

  1. Desde a Origem: Deus se revela nas obras criadas e se manifesta aos primeiros pais (Adão e Eva), oferecendo-lhes esperança após a queda.
  2. A Aliança com Noé: Após o dilúvio, Deus estabelece uma aliança com Noé e todas as nações, mostrando Sua providência e preocupação com a humanidade.
  3. A Eleição de Abraão: Deus escolhe Abraão para ser pai de uma grande nação, preparando o caminho para a vinda do Salvador.
  4. A Formação de Israel: Deus liberta Israel da escravidão e faz uma aliança com eles no Sinai, revelando Sua Lei e prometendo um Salvador.
  5. Os Profetas e a Esperança da Salvação: Os profetas anunciam uma redenção radical e uma aliança nova e eterna, trazendo esperança aos justos e humildes.

Jesus Cristo: A Plenitude da Revelação

Em Jesus Cristo, Deus disse tudo. Ele é a Palavra única do Pai, e não haverá outra revelação além Dele. Cristo é o mediador e a plenitude de toda a Revelação divina, e a economia cristã é a nova e definitiva aliança.

Entretanto, isso não quer dizer que toda a revelação tenha sido compreendida. Por esse motivo a igreja tem ao longo de sua história se debruçado na revelação para interpreta-la sem falhas, por meios dos concílios e da autoridade papal.

Na próxima postagem sobre o tema abordaremos  o artigo 2 desse capítulo. Para não perder as próximas postagens entre no nosso canal no telegram.

Faça parte do nosso canal no Telegram: https://t.me/euprefirooparaiso